Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Viagem

Antes H1Amor no paraíso

Vista do paraíso

Vista do paraíso

Os dias que acontecem após o casamento, durante a lua de mel, são aguardados pelo casal ansiosamente. Depois de meses organizando tudo para que o Dia D saia perfeito, nada mais natural que o merecido descanso ao lado de quem se ama. E se esses dias de relax forem em um lugar paradisíaco, daqueles que figuram nos mais lindos cartões postais do mundo, e com aquele agito que todo mundo gosta? Seria perfeito, não é mesmo? Então, prepare-se para conhecer um pouco mais de Mykonos, na Grécia.

 

A ilha, de apenas 86 km², faz parte do arquipélago das Cíclades, no Mar Egeu. Conhecido por ser um local de ricos e celebridades, com inúmeras festas e badalação, Mykonos oferece bem mais que rostos conhecidos para se olhar e baladas para curtir, e pode, sim, ser o destino perfeito para a sua lua de mel.

 

Super Paradise

Super Paradise

Para começar, o que dizer sobre as praias, com suas aguas super claras, realmente paradisíacas? Com praias por todos os lados – obviamente -, as mais visitadas são Agios Sostis, quase selvagem; Kalo Livadi, com mais agito e muito procurada por quem quer badalação e um destino para pessoas de todas as idades; Panormos, que é mais frequentada por locais que visitantes; Elia, que é uma praia de nudismo; Super Paradise, onde a agitação realmente não tem hora para começar nem acabar; Paranga, muito popular entre casais e famílias; Psarou, onde estão os realmente ricos; Fokos, mais isolada, que não tem quase turistas, mas uma vista deslumbrante; Aghios Sostis, uma praia pequena com mar absurdamente azul; Ag. Stefanos, indicada para quem quer relaxar; e Ag. Ioannis, perfeita para assistir ao pôr-do-sol com seu amor.

 

Mas pensar na Grécia também é lembrar de sua arquitetura, e em Mykonos não é diferente. As casas brancas, que ficam debruçadas sob as colinas, parecem sair do mais romântico dos filmes ou de um musical. As ruas mantêm o mesmo tom branco, estreitas, com árvores por todos os lados. Além das ruas, que são um charme, não dá para esquecer das igrejas, branquinhas, que acompanham o restante da arquitetura local – não deixe de ir a Igreja Panayia Paraportiani, que é toda branca e contrasta com o céu azul.
Um local que não deve ser esquecido é o vilarejo Ano Mera, que tem o povoado mais antigo e mais importante da ilha. Há restaurantes excelentes, mosteiros e igrejas – também é lá que ficam algumas praias, como Super Paradaise, Elia, e Paranga.

 

Chora, região central de Mykonos

Chora, região central de Mykonos

Vá também a Chora, no centro de Mykonos, onde há inúmeras opções de locais a serem visitados. Mas atenção aos preços, que não são baratos. Lá se encontra, ainda, a Pequena Veneza – ou Little Venice-, um conjunto de casas construídas no século XVI, e penduradas sobre o mar, e certamente a área mais pitoresca da cidade.

 

Na gastronomia, como não poderia deixar de ser, os peixes são os mais procurados. O Nammos, um dos mais conhecidos e populares da região, tem também pratos maravilhosos. No Tasos, na praia de Paranga, pode-se encontrar a culinária grega tradicional (atenção especial ao polvo servido no local). Em Aghios Sostis, a atração é o restaurante Kiki , que não tem eletricidade e serve carnes grelhadas, peixes e saladas frescas.

 

E onde se hospedar? Há inúmeras opções, como Myconian Ambassador, Cavo Tagoo, Mykonos Adonis Hotel, Mykonos Grand Hotel & Resort, Omiros Hotel, entre outros.  O que eles têm em comum? Mais caros ou baratos, todos são absolutamente encantadores.

 

E uma informação importante: ao chegar lá, alugue um carro ou uma moto. A ilha tem pouco mais de 30 taxis. E imagine apenas esses para atender a um enorme número de turistas.

 

A seguir, mais informações úteis para quem vai passar a lua de mel nesse paraíso:

Moeda: euro

Idioma: grego

Fuso: duas horas mais que o Brasil

Eletricidade: 220-240v

Temperatura média: verão quente e inverno morno

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*