Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Intimidade

Antes H1Em dia com a saúde íntima

saude intima

Quando casamos, é normal querer que tudo esteja perfeito, não apenas com o Dia D, mas com o início da vida a dois. Por isso, é natural que as noivas procurem fazer um checkup geral para se certificarem que tudo esteja bem.

Porém, alguns hábitos, especialmente quando se trata da nossa saúde, não devem ter atenção apenas quando temos uma ocasião especial. E a saúde íntima está entre os acompanhamentos que devem ser constantes para a mulher.

Mas algumas mulheres, normalmente as mais tímidas, têm  receio de fazer algumas perguntas para os médicos, com medo de parecerem desinformadas ou por vergonha mesmo. Para elas, elaboramos algumas respostas sobre mitos e verdades ligados à saúde da mulher.

– Sim, algumas mulheres acabam comendo mais que o normal durante a TPM, especialmente chocolates, frituras, doces, vinhos e queijos;

– A cólica menstrual é um sintoma mais comum nas adolescentes. Entretanto, entre os 30 e 40 anos, a chance de sintomas como cansaco e irritação são mais comuns antes de menstruar;

– Ainda que algumas dores sejam mais comuns durante os período pré menstrual, é muito importante informar ao medico sobre o que se sente. Afinal, ninguém melhor do que ele para dizer o que fazer;

– A dor de cabeça é mais comum em mulheres que estão prestes a menstruar. Isso acontece porque essas dores estão diretamente associadas às taxas de hormônios do bem-estar, como a serotonina;

– Cada pessoa tem um organismo diferente e as pílulas anticoncepcionais também seguem essa regra. Não é porque uma amiga toma uma determinada marca que será a mesma indicada para você. Converse com seu médico sobre a melhor no seu caso;

– Exames como mamografias e ultras devem ser feitos periodicamente. Mas o tempo de intervalo entre cada exame deve ser orientado pelo seu médico. Ele vai avaliar, entre outras informações, histórico familiar, exames anteriores etc;

– Sabonetes vaginais, embora amplamente divulgados pela mídia, normalmente não são indicados pelos ginecologistas. Mais uma vez, converse com seu médico;

– Prevenir é sempre melhor, certo? Portanto, ainda que algumas dúvidas tenham sido sanadas pelas dicas acima ou em alguma leitura que tenha feito sobre o assunto que quer conhecer, quando se trata de saúde, visitar um médico sempre será o primeiro passo a ser dado.

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*