Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Intimidade

Antes H1Quer pagar quanto?

vestido de noivaDepois do grande dia, da lua de mel e, finalmente, de chegar em casa, é hora de colocar tudo em seu devido lugar. Fazer os bilhetes de agradecimento pelos presentes, guardar o que vai usar e separar o que trocará e arranjar um lugar para a caixa do seu tão sonhado vestido de noivas, aquele que demorou meses para ser escolhido, que foi experimentado mil vezes para que ficasse perfeito e que a fez tão feliz no seu Dia D. Entretanto, embora seja um símbolo desse momento único, algumas mulheres preferem dar uma “nova vida” para aquela roupa que foi de extrema importância em um dos instantes mais importantes de suas vidas. E, aí, vem a pergunta: o que fazer com o vestido usado no casamento?

Algumas doam para amigas ou parentes que vão usa; outras dão para que seja usado por alguém que não tenha condições de pagar por algo igual. E há, ainda, as que preferem vender. Mas onde é possível fazer isso sem que “desmereçam” tudo o que representa aquele vestido e o real custo dele? Pensando nisso, o Liga das Noivas selecionou algumas dicas se o intuito for vender o vestido.

– Alguns sites são especializados na venda de vestidos de noiva exclusivamente. Pesquise e veja qual vai atendê-la melhor. Além disso, veja se tem algum tipo de comissão (alguns não cobram comissão, mas cobram uma taxa pelo anúncio). Depois, é só anunciar e torcer para alguma futura noiva escolher o seu;

– No Facebook também tem paginas criadas especialmente para a venda de roupas. Digite “venda de vestido de noiva”e procure a melhor opção;

– Em sites como Bom Negócio e Mercado Livre também têm compradores. No primeiro, inclusive, não é preciso pagar comissão;

– Se o seu vestido é um daqueles que seguem uma determinada tendência, bastante pontual, venda o quanto antes, pois a moda pode acabar e as pessoas vão pensar duas vezes antes de comprar algo que não esteja “na moda”;

– Coloque detalhes do vestido: tecidos, rendas, bordados etc. Tudo, absolutamente tudo, para que a pessoa que estiver vendo o anúncio se interesse pelo seu vestido. Fotos também são sempre bem-vindas, especialmente quando não estão apenas no cabide, mas no corpo de alguém;

– Brechós são sempre outra boa indicação. Veja o que mais se adéqua ao seu perfil, público e comissionamento antes de vender. Pense que, normalmente, as lojas ficam com 40% do valor anunciado;

– Por último, outra opção é anunciar para seus conhecidos que quer vender o vestido que usou. O boca a boca ainda é um bom negócio. E quem sabe uma amiga de uma amiga esteja paquerando exatamente um vestido como o seu? Boa sorte!

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*