Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Casa

Antes H1Ganhei, mas não gostei

presentesO casamento é um dos momentos mais mágicos de um casal – especialmente para as mulheres. Mas demanda tempo, gastos e muita, muita dor de cabeça. E não pense que os problemas acabam quando finalmente a festa se encerra e vocês partem para a lua de mel. Afinal, ao chegar, muita coisa deverá ser arrumada em casa, e os presentes – ahhhhh, os presentes – devidamente guardados e/ou trocados. E aí começa o problema? Como fazer isso? Quais são os seus direitos?

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, em casos “comuns”, ou seja, não especificamente sobre listas de casamento, as lojas têm o direito de trocar ou não, caso o produto não apresente problemas. Entretanto, é comum que as lojas deixem alguns dias – entre uma semana e um mês – para a troca da peça/produto em perfeito estado e não apenas quando encontrado algum defeito.

Porém, se tratando de casamentos, como as listas são disponibilizadas bem antes da data da cerimônia, as compras realizadas por parentes e amigos, na maioria das vezes, ultrapassa o limite de tempo que as lojas dão.

Por isso, antes de escolher onde colocar a lista de presentes para que os convidados possam escolher o que querem dar, procure levantar algumas informações:

  1. Antes de colocar a lista, pergunte se a loja realiza as trocas mesmo para os presentes comprados com muita antecedência;
  2. Pergunte até quanto tempo após a data do casamento é possível realizar as trocas;
  3. Algumas empresas exigem nota fiscal. Entretanto, ninguém manda presente de casamento com nota. Por isso, veja como será o procedimento para os presentes adquiridos pelos convidados no caso de troca. Precisa apresentar nota fiscal? Só vale para presentes dentro da lista (alguns compram na loja, mas não necessariamente o que está na lista)?
  4. Caso não tenha mais o produto, é possível trocar por outros pagando diferença?
  5. A loja lista o que já foi comprado para evitar a repetição do presente?
  6. Caso o produto entre em promoção, a loja garante o valor pago pelo comprador?
  7. Quando fechar a lista, exija a política de troca e tudo que foi prometido por meio de algum documento e assinado pela pessoa que deu as informações;
  8. Pergunte se o presente só poderá ser trocado em uma determinada filial ou se é possível fazer em qualquer local;
  9. Sabemos que é comum colocar vários itens que muitas vezes nem são necessários. Mas esse tipo de presente “desnecessário” pode causar dores de cabeça na troca. Por isso, melhor pedir em duplicidade algo que realmente quer do que o que não é preciso;
  10. Por fim, com quem tiver mais intimidade (como familiares e amigos próximos e padrinhos), diga o que realmente precisa e de opções de valores. Afinal, nem todo mundo pode pagar caro por um presente.

 

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*