Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Viagem

Antes H1Onde tudo acontece

Berço do que existe de mais atual, capital do consumo, lugar onde a diversão não tem fim. São várias as definições que essa cidade recebe, mas Nova Iorque é tudo isso e muito mais. E, exatamente por isso, todos os anos atrai casais para passar sua lua de mel, seja nos meses frios, com neve e paisagens que lembram os filmes da Sessão da Tarde, ou nos quentes, quando sentar na grama do Central Park é um dos programas favoritos de americanos e estrangeiros.

Para começar, como pensar em Nova Iorque e esquecer a Estátua da Liberdade? Impossível! Um dos símbolos máximos da cidade, o local é visitado durante todo o ano. Mas atenção: no verão, prepare-se para ficar em longas filas.

E as peças da Brodway? Embora as mais conhecidas, como Fantasma da Ópera e Cats, sejam as mais procuradas, os teatros oferecem uma infinidade de outras peças. Vale a pena pesquisar antes de ir e, se possível, comprar o ingresso antes da viagem – algumas agências de viagens, inclusive, oferecem esse serviço.

Outro grande atrativo do local são os parques. E não estamos falando apenas do Central Park, talvez o mais famoso deles (uma dica: quando chegar lá, alugue essas bicicletas de dois lugares para passear com seu amor. Quer programa mais romântico? Ah, e não esqueça do passeio de carruagem). Nova Iorque oferece uma infinidade de opções de lazer ao ar livre, como o The High Line, uma espécie de parque suspenso construído no lugar onde passavam trens; o Bryant Park, com seu enorme gramado com cadeiras que no inverno vira pista de patinação; o Madison Square Park, com parques para crianças, exposição de arte, concertos de música etc; e o Riverside Park, que beira o rio Hudson e tem local para passear com cães, para crianças, aulas de ioga, exibição de filmes e muito mais.

E as construções que são tão emblemáticas, algumas históricas e marcos da arquitetura? Não deixe de visitar o Empire State Building, o Rockefeller Center (se for no período do natal, aproveite para patinar no gelo na pista junto ao local), o Top of the Rock, o Chrysler Building, o Flatiron Building, o Hearst Tower, o Grand Central Terminal, o New York Public Library e a St. Patrick´s Cathedral.

Comer é preciso, e se tratando de Nova Iorque, o que não faltam são opções para todos os paladares. Desde os especializados – e caros – em todo tipo de culinária até os mais acessíveis, quem vai à cidade não pode deixar de comer o famoso cachorro quente vendido nas ruas. Afinal, se é para curtir a cidade como um ‘nativo’, que seja também na hora de comer, não é mesmo? Cupcakes, pizzas, hambúrgueres e sorvetes complementam essa lista. Mas se você não abre mão de bons restaurantes, boas opções são o Gramercy Tavern, com produtos naturais e orgânicos; o Eleven Madison Park, considerado o melhor restaurante de Manhattan; o Golden Unicorn, em Chinatown e para aqueles que gostam de comida chinesa; o Marea, com seus deliciosos pratos italianos; e o Nobu, de comida japonesa.

Não deixe de fazer uma visita aos bairros mais conhecidos de Nova Iorque, como Chinatown, com lojinhas de produtos chineses que vendem desde de chás até louças; Soho, lugar de artistas e galerias de arte; Village, point da boemia, com antiquários e casas de jazz; Little Italy, com seus restaurantes deliciosos; South Street Seaport, que possui um centro de entretenimento com lojas, restaurantes, cafés e pubs; e Harlem, para conhecer mais sobre a cultura negra e os concertos de música Gospel.

Se o casal gosta da noite, boas opções são o Webster Hall, com  shows de música alternativa, festas com grandes DJ´s e quatro andares de muita diversão; o Marquee, um lugar mais ‘exclusivo’ para quem tem paciência para enfrentar longas filas; o Amnesia, que reúne um público mais jovem e descolado que se diverte ao som de música eletrônica; o Ulysses, uma mistura de pub inglês e restaurante grego; e o Village Vanguard, bar de jazz cheio de personalidade que faz parte do roteiro da cidade desde os anos 30.

Outros pontos turísticos que não podem ser esquecidos são os jardins botânicos, como o The New York Botanical Garden e o Brooklin Botanical Garden. Além desses, visite a sede da ONU, o Central Park Zoo, e os museus, é claro, como o Museu de Arte Moderna – MoMa, o Guggenheim, o Brooklyn Museum e o Museus de História Natural.

Quanto às compras, Nova Iorque é um shopping em sua essência. Tem objetos de desejo para todos os gostos, desde roupas e decoração, até eletrônicos. Por isso, não deixe de visitar cada cantinho da cidade atrás do que quer. Century 21th, Sephora, Apple Store, MoMa Store, Victoria´s Secret, Madison Avenue, H&M, Green Flea Market (o mercado de pulgas mais tradicional de Nova Iorque) são apenas algumas das opções para compras na cidade.

E para se hospedar? O melhor a fazer é entrar em contato com agências de viagens para saber sobre pacotes. Afinal, o tipo de acomodação depende do valor disponível para a viagem. Por isso, se programe, tire passaporte e visto com antecedência, e boa viagem.

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*