Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Intimidade

Antes H1Ensaiando para os filhos

Cada vez mais comum dentro dos lares brasileiros, os animais de estimação alcançaram o status de filho. São roupinhas, comidinhas especiais e outros mimos que os donos, ou pais – como alguns gostam de ser chamados -, não se cansam de dar para os seus peludos. E, entre novos casais, essa realidade tem se tornado muito comum.

Mas de muitos enxergarem essa relação como um ensaio para a maternidade com humanos, algumas ‘regras’ devem ser seguidas para o bem-estar do animal e de seus donos.

Para começar, antes de adquirir um animal, os dois devem estar certos que essa será a melhor opção. Algumas questões, como espaço, tempo de dedicação, dinheiro para os cuidados com alimentação e saúde, entre outros fatores, devem ser muito conversados entre o casal. Além disso, ainda mais importante, é definir se esse é um desejo comum para ambos ou se um dos lados concorda apenas por ser uma vontade do outro.

Chegando a conclusão que realmente querem um animal, estabeleçam quem será o responsável por cada tarefa, como levar para passear, dar banho, comida, limpeza. Desta forma, o trabalho não sobrecarrega ninguém.

Na hora de escolher o tipo de animal que querem, se gato ou cachorro; de pequeno, médio ou grande porte; com temperamento mais calmo ou agitado, pense na rotina que cada um tem e no tamanho do imóvel onde moram. Este momento é extremamente importante para evitar estresses futuros. Afinal, aquele filhote fofo e brincalhão, pode ficar enorme e vai precisar de espaço. Por isso, muitas vezes, o melhor passo é adotar um animal já adulto, em que o tamanho e temperamento já são conhecidos – e ainda fazer uma boa ação. Afinal, quantos animais de rua ou abandonados precisam de pais zelosos, não é mesmo?

Quando o casal finalmente optar por ter um bebê, o animal deve ser preparado, sendo “incluído” em cada etapa da gestação. Deixe ele cheirar as coisas do neném, faça-o ficar próximo a barriga, não deixe de fazer carinho e dar atenção. Animais são extremamente apegados aos seus donos, e a “invasão” desse novo membro pode significar estresse para ele. Pense em como seria apresentar um irmão mais velho. Tenha os mesmos cuidados, não os deixem sozinhos sem supervisão, e compartilhe a atenção com os dois. Com o tempo, o animal não vai enxergar no “novato” um inimigo, mas, sim, outro membro de sua família. No mais, é apreciar a incrível relação que eles terão, se tornando irmãos inseparáveis.

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*