Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Noiva da Liga

Antes H1Para não passar em branco

Registrar todos os momentos de um dos dias mais importantes da sua vida é uma obrigação quando se fala em casamento. Mas para que essas lembranças tão marcantes não terminem com a desilusão de um filme queimado, é preciso escolher com calma os profissionais que serão contratados.

Cristina Nudelman, da Mother of the Bride, conta que sempre sugere aos noivos que procurem conhecer minuciosamente o trabalho do profissional que vão contratar. “O fotógrafo contratado tem que ter sensibilidade, experiência e uma equipe afinada que o acompanhe. Afinal, em um casamento tem muita coisa acontecendo, olhares, momentos, detalhes e situações. De nada adianta um fotógrafo ter um ‘novo olhar’, ser todo bacaninha, se ele não está no lugar certo e no momento preciso”, explica. Ela lembra, ainda, que casamentos têm o seu cerimonial e protocolos e o fotógrafo tem que conhecer o ritual religioso. “Aconselho, também, que os noivos façam um roteiro e um briefing bem detalhando com imagens de referência mostrando o que gostam”, complementa.

A fotógrafa Alê Crisóstomo conta que os noivos estão procurando, além de fotos, um profissional com quem se identifiquem, alguém que queira viver junto com eles o sonho do casamento. “Não adianta contratar um profissional apenas porque gostou do preço. Outra coisa super importante é verificar os trabalhos anteriores, analisar o que comentam dele pela internet. Hoje em dia, obter informações de profissionais é muito fácil”, conta. Outras dicas são marcar um horário com o profissional para tirar todas as dúvidas, como quantas horas ele disponibilizará para o evento, se é ele mesmo quem vai ser o fotógrafo principal, se faz mais de um casamento por dia, prazos de entrega de tudo, se tem backup de equipamento se algo estragar ou der errado na hora, como entrega os arquivos com as fotos.

Para a fotógrafa Claudia Queiroz, o principal é a essência do tipo de trabalho que é feito, a proposta e os detalhes da atuação do fotógrafo e da sua equipe. São questões que vão além da pesquisa de sites e portfólios. “Os casais não costumam ser modelos fotográficos prontos, precisam de suporte, querem alguém que saiba mesclar espontaneidade e formalidade na fotografia, precisam de alguém com sensibilidade para a estética, composição, direção e iluminação, e também atuação coerente, sem que seja invasivo, e que não seja absolutamente passivo. Existem momentos em que os fotógrafos devem ser discretos, como nas cerimônias, e em outros momentos é preciso ter criatividade e bom gosto”, explica. Ela lembra, ainda, sobre a importância de saber prazos de entrega de fotos digitais e impressas, autorização para mostrar fotos via web, modelos de diagramação dos álbuns, método para aprovação do que vai ser impresso, valores para adicionais de páginas ou fotos impressas e possibilidade de encomendar material adicional como mini-álbum, fotolivro, iPad com fotos, videoclipe de fotos, sessão de fotos pré-casamento etc.

O que eles querem

Todos os anos, o mercado de casamento se renova. E no meio da fotografia isso não é diferente.

Entre o que tem de novo, algumas tendências começam a ganhar mais destaque por aqui, como os ensaios que parecem para revistas de moda, com cliques que mostram um lado mais espontâneo; as imagens posadas, com balões, molduras, plaquinhas com dizeres, entre outros; e as cabines de fotos, para aquelas fotos instantâneas.

Para Alê, uma forte onda é a personalização do trabalho. “Cada um que faço é exclusivo. Inclusive os álbuns podem ter tecidos que combinem com as cores da decoração do casamento ou com o vestido da noiva. Todo mundo gosta de ser mimado e ter seu álbum como único”, exemplifica.

Uma outra grande novidade é o trash the dress, um ensaio que os noivos fazem com as roupas do casamento, mas em outro dia. Além dessa, outra que veio do exterior é o destination wedding, que é a possibilidade de fazer a cerimônia e festa fora da cidade dos noivos, proporcionando uma viagem única que reúne familiares e amigos.

Claudia conta que, para ela, a tendência atual é valorizar a fotografia de todas as formas, desde o clássico livro com fotos impressas, até as centenas de fotos feitas por meio de smartphones, tablets e notebooks. “É maravilhoso ver o resultado final impresso no álbum, e é lindo também poder ver as melhores fotos através de um tablet. Sem contar o dinamismo das redes sociais e a quantidade de convidados que também fotografam com seus celulares. Não vejo problema algum, desde que não atrapalhem o ritual e o trabalho de todos os profissionais envolvidos”, explica.

Pedidos inusitados

Trabalhar com eventos tão únicos quanto os casamentos tem um lado bastante ‘incomum’. Se de um lado está o profissionalismo do fotógrafo que vai registrar aqueles momentos da maneira mais adequada, do outro estão os pedidos dos noivos, que muitas vezes saem do ‘lugar comum’.

Alê conta que um casal pediu para fazer o ensaio fotográfico antes do casamento em um supermercado, que foi onde eles se conheceram. “Adorei e topei! Acho que todas as fotos têm que ter a cara do casal, claro, com o meu estilo de fotografia. Eles precisam ver a história deles nas fotos que faço”, comenta.

Para Claudia, existem casamentos de muitos tipos e certamente coisas diferentes e inusitadas acontecem. “Acho que entre os pedidos inusitados de fotografia posso citar, por exemplo, uma sessão de fotos da noiva usando lingerie pouco antes de colocar o vestido de noiva, e que depois virou um lindo presente surpresa para o noivo”, conta.

Portanto, não deixe para a última hora a escolha desse profissional que será o responsável por registrar os momentos mais marcantes deste que, com certeza, será um dos dias mais felizes da sua vida.

Contatos:

Mother of the Bride (www.motherofthebride.com.br)

Alê Crisóstomo (www.alecrisostomo.com)

Claudia Queiroz (www.claudiaqueiroz.com)

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*