Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Boneca Liga das Noivas - Intimidade

Antes H1Longe de casa

O casamento é uma data deslumbrante, extremamente emblemática e que representa um novo passo na vida de homens e mulheres. Mas essa nova etapa vem cheia de mudanças que, muitas vezes, podem não ser adaptáveis logo no início.

Sair da casa dos pais, assumir novos compromissos, viver o dia a dia de um adulto – sim, muitas vezes, os noivos só se tornam realmente adultos ao sair de casa. Essas ações tão naturais podem vir cheias de medo. E, assim, o sonho de viver uma vida a dois pode se tornar, no começo, um grande pesadelo.

Para que essa alteração na rotina não se transforme em algo negativo – afinal, os primeiros meses do casamento são praticamente uma extensão da lua de mel -, fizemos uma lista do que os pombinhos devem fazer para entrar nessa nova etapa com o pé direito.

– Morar junto significa mostrar ao outro as qualidades e defeitos de cada um. Entenda que vocês são diferentes e, portanto, terão que se adaptar para manter um casamento saudável;

– Dividam as atividades domésticas igualmente. Se puderem pagar uma ajudante, ok. Mas se não der, nada de desespero. Vejam os afazeres que mais se adaptam ao temperamento de cada um;

– Conversem bastante. Se alguma coisa incomoda, fale. Não finja que nada está acontecendo, pois um pequeno desentendimento pode ser transformar em uma grande briga se não for resolvido na hora;

– Seja flexível. Nem tudo tem que ser da maneira que você acha que deve. Dê ao outro a oportunidade de mostrar o ponto dele, que também pode ser plausível;

– Manter a saúde financeira é fundamental para o sucesso da relação. Não faça dívidas que não terão como ser pagas;

– Ainda que a família dele não seja a sua e vice-versa, entenda que terá que fazer concessões para que não haja problemas. Aceitar opiniões não significa acatar decisões, mas saiba que conflitos familiares não são, normalmente, bem tolerados;

– A saudade de casa, dos pais e do ambiente onde passou a maior parte da vida vai aparecer em algum momento, mas não faça uma mala para passar alguns dias debaixo das asas dos pais. Ligue, visite, mas não se instale;

– A opção por ter ou não ter filhos deve ser conversada antes do casamento. Isso não significa que não poderão mudar de ideia ao longo dos anos;

– Ame! Esse é o primeiro passo para tudo dar certo.

 

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*