Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Coluna
  • Liga Indica

    com Agenda da Liga

Arquivos

Colunistas

Antes H1DJ, Banda ou os dois???

Algo muito frequente entre os casais de noivos e até mesmo as famílias que palpitam no casamento quando estão ajudando financeiramente na realização do sonho do casamento, é a dúvida na hora de contratar um profissional ou profissionais para sonorizar seu casamento, pois este é um item tão, ou mais importante que os doces, pratos servidos, bebidas, bem casados entre outros ítens oferecidos em uma festa de casamento: a parte sonora deve ser muito bem analisada e avaliada em se tratando da escolha entre uma banda ou um DJ, ou até mesmo os dois, dado que a música é a alma da recepção de um casamento.

Com absoluta certeza, o estilo da música irá determinar a vibração da festa e todo o ambiente, como os convidados irão agir, se comportar. Eu acredito que a escolha do género musical é determinada pela formalidade do casamento, pelo tipo de convidados (se são mais jovens, se há mais convidados de meia idade e/ou idodos. Em suma: optar por um DJ ou uma por uma banda também é uma escolha que afetará o ambiente pois determinará o espírito da festa.

Não podemos nos esquecer que em relação à esolha de músicas para o ambiente do casamento, o casal poderá optar também por um trio ou quarteto de músicos clássicos para fazer a recepção dos convidados (ou melhor, na entrada do salão) o que é um plus à escolha do DJ ou Banda, pode escolher um músico solo para este mesmo objetivo tocando um instrumento ou só recepcionando com sua voz e material eletrônico o acompanhando, enfim, há uma gama de opções, mas em todas elas, a música sempre está presente, até mesmo na igreja ou na cerimônia no local da festa, que deverá ter um coral escolhido, ou seja, a música está em todos os momentos do casamento!

No caso de um DJ ou um vocalista de uma banda poderá funcionar como porta-voz (mestre de cerimônia) nos momentos importantes da recepção, o que significa que é necessário saber entreter, chamar as pessoas para alegrarem-se na pista, mas não ser inconveniente NUNCA, ser educado, amigável e carismático. Por isso sempre peçam para assistir seus vídeos para saber que tipo de interação eles fazem com o público..

No geral um DJ custa menos que uma banda, mas isso não ocorre em todos os casos, pois os seus preços podem variar dependendo não só da deslocação, mas também do dia da semana que está sendo contratado, do equipamento necessário, o fato de serem mais ou menos famosos na região etc.

Uma banda, em geral, custa mais, pois é composta por mais elementos, tem uma maior quantidade de material a transportar, geralmente as bandas têm apresentações espetaculares com vestimentas próprias ao tipo de música que estão tocando e cantando (ex: anos 60 onde os integrantes se vestem com roupas características da época para dar mais veracidade à música e à animação etc), também pode variar relativamente ao tempo que desejam que a banda atue e o que ela oferece: tipo de palco, iluminação, pista de LED ou não, tipo de telão. São muitos detalhes que podem encarecer uma banda, mas também pode ficar infinitamemte mais bonito sua apresentação em um casamento, muito mais alegre e com muito mais interação entre os convidados (alguns até descem do palco para cantar juntos aos convidados mais alegres e alguns convidados até sobem no palco para dar seu show particular com a banda e acaba sendo muito engraçado quando feito com bom senso).

Muitas recepções de casamentos duram em média cerca de quatro a seis horas, o que pode ser muito tempo para uma banda atuar, assim a maioria das bandas preenchem os momentos de pausa dos integrantes com músicas pré-gravadas na função de um DJ que a banda também possui e geralmente é um de seus integrantes; mas se a idéia é que a recepção dure muito mais horas, como um casal jovem que quer um casamento acontecer noite afora até o amanhecer, talvez um DJ seja a melhor solução.

Importante também é que os noivos verifiquem se o local da recepção é grande o suficiente para ter uma banda e uma pista de dança; se tiver bastante espaço, uma banda torna-se o ideal, senão um DJ é o mais adequado; devem se certificar também se existem restrições a algum tipo de barulho, instalações elétricas, equipamento por parte do local da recepção, se há na sua cidade o pagamento do ECADE (o que vem a ser o ECADE ao final do texto como curiosidade) etc. É muito importante saberem estes pormenores antes de tomarem uma decisão.

Lembrem-se: pesquisem muito e tenham paciência para assitir a muitos vídeo deles, ou até peça para ver ao vivo. Links na internet com trabalho deles também valem. É preciso observar se gostam daquela formação, daquelas vozes etc, confirmem se os músicos que estão nessa demonstração irão ser os mesmos que irão estar presentes em seu casamento e se os noivos podem fazer seleção das músicas que lhe agradam.

Dica: o tipo de música que tocará em seu casamento não pode ser em função só dos gostos pessoais dos noivos, devem ter em mente a agradar a todos os convidados. Se não suportarem algum tipo musicial, providenciem duas listas de músicas: “Músicas que devem ser tocadas” e ”Músicas que não devem ser tocadas”. Sempre façam o DJ ou a banda conhecerem bem os seus gostos e interesses musicais antes de os contratarem!

As vantagens de se contratar uma Banda

– Não existe nada como a música ao vivo, a energia que é transmitida ao público, sendo mais motivador para os convidados dançarem e interagirem uns com os outros;

– A probabilidade do som ser melhor que um DJ é maior: maior Qualidade Sonora quando o(s) cantor(es) são bons e trabalham com equipamentos de primeira linha

– Os músicos fazem intervalos, o que permite aos convidados terem tempo para pararem e descansarem.

– Um determinado tipo de banda pode ser complementar a um tema de casamento, ou seja, o repertório é pré-determinado;

– Podem fazer algumas coreografias e brincadeiras com os convidados, proporcionando um divertimento diversificado e variado.

– Pode levar adereços a serem distribuídos aos convidados em conjunto com a troca de certos ritmos musicais (porém isso as bandas hoje em dia também podem);

– Vai ao local de seu evento antecipadamente e dá sugestão de iluminação, tanto da pista de dança, quanto ambiente

– Fala ao microfone com desenvoltura e também pode proporcionar divertimento e interatividade com seu público

As desvantagens de se contratar uma Banda:

– O custo é maior quase sempre;

– Algumas bandas só tocam um tipo de música, sendo mais limitadas na variedade musical. Tmbém pode haver uma banda que seja muito clássica, ou muito jazz, ou mesmo demasiado típica de um casamento. Muitas vezes não sabem tocar uma música mais especial, ou pedida por algum convidado.

– Muitas bandas não têm controlo de volume, sendo bastante barulhentas e, por isso mesmo, nada adequadas a uma recepção de menor dimensão.

– Os músicos necessitam de pausas, muitas vezes quando a música pára não há um CD a tocar durante essas pausas, diminuindo a energia do momento.

As vantagens de se contratar um DJ

– As músicas são realmente interpretadas pelos artistas originais, não havendo adaptações ou diferenças na música que vocês mais gostam;

– Toca “full time”, sem descanso;

– Passa clipes das músicas em telas do tamanho que os noivos escolherem dependo do espaço etc;

– Maior variedade e diversidade musical;

– Aceita sugestões de seus convidados, podendo trocar os ritmos com muito mais destreza;

– Pode levar adereços a serem distribuídos aos convidados em conjunto com a troca de certos ritmos musicais (porém isso as bandas hoje em dia também podem);

– Vai ao local de seu evento antecipadamente e dá sugestão de iluminação, tanto da pista de dança, quanto ambiente

– Fala ao microfone com desenvoltura e também pode proporcionar divertimento e interatividade com seu público

– Muitos DJ’s têm bibliotecas musicais infindáveis. Isto significa que têm uma variedade de música muito grande e que podem agradar a amigos e familiares;

– Não há pausas na música, há sempre um CD a tocar;

As desvantagens de se contratar um DJ:

• A maior delas é que um DJ monótono, ou que coloca as musicas para tocar e não está presente o tempo todo cuidando do som e da animação, pode arruinar o espírito de uma festa. Muitos DJ’s gravam as suas sessõesmucicais, podendo estas não ser adequadas ao público presente, tentando muitas vezes compensar isso com piadas menos felizes entre as músicas, sendo totalmente inadequados e inoportunos. Façam a playlist juntamente com o DJ para evitar situações como essa, que eu julgo ser a pior desvatagem de um DJ na festa!.

Se depois de analisar os dois você decidiu optar pelo DJ ou pela Banda, segue algumas dicas para a boa contratação de uma empresa profissional. Ligue para pelo menos 3 empresas e veja com qual você teve mais empatia, e sempre analise:

– Se o DJ for muito jovem, saiba que ele terá preferência a músicas eletrônicas e não terá muita variedade musical (mas também não é geral, há muitos DJs jovens e muito bons com grande variedade musical, portanto pesquise bem);

– Pergunte se tem empresa aberta, se não tiver saiba que é mais um DJ que veio na leva da modernidade e pode lhe trazer muita dor de cabeça;

– Se trabalha com contrato: essa é uma segurança que os dois terão, TANTO O CASAL QUANTO A BANDA OU DJ CONTRATADO;

– Tanto um quanto o outro, cuidado se cobrar muito barato: lembre-se do velho jargão popular, “o barato sempre sai caro” na maioria das vezes;

– Analisem os equipamentos que constam em sua cotação, tanto da Banda quanto do DJ;

– Fuja sempre de Iluminação barata como: raio de Som, Centopéia, Efeito Lúmen;

Eu, quando casei, optei pelos dois!

Vejam abaixo uma lista de profissionais de São Paulo, que eu indico:

www.bandashine.com.br (tem um show/espetáculo e também acústico)
www.bandalequipe.com.br
www.musicalumen.com.br
www.rockmemory.com.br
www.milacurtimusicas.com.br
www.djmarche.com
www.hifiproducoes.com.br
www.db2producao.com.br

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Comentários (4)

  1. Quem comentou Ricardo Almeida:
    12/10/2013 | 11:51

    Ótima matéria sobre o tema, parabéns!! Sou de Brasília, aqui sou proprietário da banda BORAÊ que toca todos os ritmos para Casamentos e eventos em geral. Gostaria somente de frisar que os noivos que optam por banda saem muito satisfeitos com o resultado da festa que fica mais animada, custa um pouco mais sim mas vejo como investimento, torna-se inesquecível!! Grande Abraço!

  2. Quem comentou Regina:
    19/01/2014 | 17:35

    Prefiro os 2 , fiz meu casamento e nos intervalos da banda entrava Dj . Se nao me engano o site deles e http://www.bandaiam.com.br recomendo beijos e bom casamento.

    Regina

  3. Quem comentou Regina:
    23/01/2014 | 19:14

    Gostei da banda do meu casorio chama-se bandaiam recomendo tb
    mil bj

  4. Quem comentou Flavia Gouveia:
    19/02/2014 | 12:37

    Olá !
    Minha amiga Aline contratou uma banda Sertaneja mas acabou combinando um repertório também com outras músicas,
    eles fizeram um show ótimo, muito animados, com excelente equipamento e uma decoração de luzes muito legal,
    também os contratarei!

    olha o depoimento da minha amiga, ela ficou muito contente!
    http://www.youtube.com/watch?v=bWlKW_ZyGoY

    bjos a todas e bons preparativos para a realização do sonho!

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*