Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Coluna
  • Liga Indica

    com Agenda da Liga

Arquivos

Colunistas

Antes H1Dicas para casar na praia

Até bem pouco tempo atrás, quando alguém anunciava que se casaria na praia, já estava implícito que o casamento seria muito simples, seria algo improvisado entre amigos, até mesmo um luau. Porém, as coisas mudaram nos últimos anos e hoje casar-se na praia é sinônimo de charme, beleza e cenário exuberante, chegando muitos deles a serem extremamente requintados.

A cerimônia pode acontecer na casa de praia da família dos noivos dando um ar mais intimista, mas não menos sofisticado; pode ser realizada em hoteis e resorts, que na maioria das vezes são fechados naquele fim de semana do casamento para receber exclusivamente os convidados dos noivos como hóspedes.

Lembre-se que se seu sonho é se casar na praia, o ideal é escolher a baixa temporada, pois na alta temporada, no verão, tudo fica muito mais cheio, mais caro, dificilmente encontram-se vagas e hoteis que topem fazer um pacote bacana para o casamento já que as estadias na alta temporada são bem mais caras e eles vivem lotados de clientes/hóspedes. Assim,  aconselho entre os meses de maio, quando temos o chamado “veranico”, um verão mais ameno e não temos mais aquelas chuvas torrenciais que começam em janeiro e vão até março. De setembro até começo de novembro também é uma excelente época.

Hoje, os noivos que se casam na praia não precisam “importar” tudo da Capital, há vários serviços e execelentes, por sinal, nos locais das praias, fornecedores e prestadores de serviços preparados para atender a esta demanda crescente de casamentos na praia.

Como organizar?

1a etapa – escolher onde será realizado o casamento e se haverá cerimônia civil e religiosa: será na casa da família e lá há espaço para receber todos? Será em uma pousada/hotel? Possui toda a infraestrutura para a realização do casamento? Será que existe espaço para que, se os noivos desejarem, possam montar uma tenda? O hotel/pousada deixa cobrir a piscina para virar uma pista de dança caso necessite? Descubram as condições climáticas daquela praia, se costuma ventar muito naquela região etc

2a etapa – Responder as seguintes perguntas: quantos convidados? Eles irão passar o dia ou irão todos dormir na pousada (já que muitos vem de longe e é cansativo ir e voltar no mesmo dia)? Quem pagará as hospedagens? Qual é horário da cerimônia religiosa e quem a realizará (será no local ou em alguma igrejinha/capela daquela praia)? Enfim, são detalhes que precisam ser decididos logo no início para que se possa dar andamento ao restante do projeto do casamento.

3a etapa – Contratar uma Assessoria de Casamento que possa viabilizar este sonho, pois sendo um casamento em outro lugar, outra cidade, haverá necessidade de ir até o local algumas vezes, mesmo que a maioria dos contatos será realizado via e-mail ou telefone.

Como você não conhecerá os serviços dos forenecedores da região, peça amostras, degustação! Claro que, sendo fornecedores da região as contratações sairão mais em conta, pois tudo o que vier de sua cidade será mais dispendioso. Mas, tente conhecer bem o trabalho deles antes e  converse com pessoas que já fizeram algum evento com eles, ok?

Os noivos podem optar ainda por casar-se com pé na areia, o que é extremamente descontraído e belíssimo, aproveitando o cenário, cheio de emoções que só a praia em si pode passar para os noivos e os convidados.

Não deixe de verificar o acesso, afinal podem haver idosos indo ao seu casamento ou convidados com problemas de mobilidade e se assim for, a areia pode ser um grande obstáculo para eles. Assim, considere ter a cerimônia dentro do hotel/pousada ou em um píer da praia escolhida. Dessa forma convidados que não podem andar na areia são capazes de assistir a cerimônia confortavelmente sem sentir como se você tivesse que mudar todos os planos do seu casamento por causa deles – evite constragimentos! Se atente também ao estacionamento para seus convidados, caso a cerimônia e festa não seja no hotel/pousada, que geralmente possuem vagas de carros, o que dependendo da quantidade de convidados, terá que ser revisto e adequado.

Qual o melhor horário??? A minha sugestão seria realizar um casamento de manhã, digamos 9h ou 10h e em seguida programar a sua recepção com um café da manhã ou brunch. Como casamentos na praia são geralmente menos formais, este tipo de recepção é bastante adequado. É também algo para diferenciar o seu casamento de outros, e torná-lo um que todos vão lembrar. Também indico as cerimônias no final de tarde, entre 17h e 17:30h, ao cair do sol, pois o visual para todos e para as fotos é maravilhoso, e em seguida servir um jantar mais descontraído com finger-food, “comidinhas”, ou se o local for adequado, até mesmo com um jantar servido na forma de buffet.

Como decorar? As flores de praia mais populares são Jasmim-manga e Lírios Orientais, uma vez que complementam bem o local e podem se misturar com o branco ou se destacar em tons como o rosa, amarelo ou mesmo laranja. É melhor discutir isso com antecedência com o seu florista, uma vez que é possível que as flores que você deseja, podem não estar disponíveis na época do ano em que você necessitar. Outra opção são as flores de seda, pois elas não vão perder a força e podem ser mantidas por toda a vida sem os pesados custos da preservação do buquê – mas tudo isso vai depender da vontade e do gosto dos noivos e também das peculiaridades do local.

Músicas? Devido ao ruído natural do mar, caso a cerimônia seja bem perto do mar e a festa também, deve considerar-se usar instrumentos com notas altas, mas que não abafem o som do oceano. O violino, a flauta, o saxofone, uma harpa, um violoncelo ou uma guitarra são escolhas bem-sucedidas neste tipo de casamento ao ar livre.

Dica importante: atente se há necessidade naquela praia de alguma licença especial para a realização da cerimônia e/ou da festa, horário de barulhos entre pousadas (que geralmente são umas perto das outras) entre outros detalhes para que não haja surpresas no seu grande dia!

Espero que este texto tenha ajudado a quem procura dicas para se casar

Beijos

Amandica Accioli Salusse

 

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Comentários (One)

  1. Quem comentou Tatiane:
    03/08/2012 | 17:13

    Boa Tarde, por favor eu vou casar na praia dia 18 de janeiro de 2012, minha decoração será vermelha e branca, mas terá umas cores diferentes de flores para ornamentar o local e ficar bem estilo havaiano, e só entre familia e bem simples, mas quero um casamento bonito, eu gostaria de saber o que servir no jantar, pois o casamento será às 17:00 no por so sol, terá de entrada os salgados e depois um belo bolo, por favor me dê dicas de como fazer esse casamento. obg

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*