Logo Liga das Noivas
Cantoneira Cantoneira Cantoneira Cantoneira
Siga-nos no Twitter da Liga das noivas Acesse o facebook da Liga das noivas
Coluna
  • Liga Responde

    com Lourdes Correia

Lourdes Correia é Assessora e Produtora de Eventos, especializada em Casamentos. Apaixonada pelo mundo de sonhos que um casamento pode proporcionar se lançou no mercado para ajudar as noivinhas a encontrarem o caminho para suas realizações.

Arquivos

Colunistas

Antes H1Um convidado em questão

É com imenso prazer e entusiasmo que dou início a esta empreitada de fazer uma das coisas que mais amo: escrever. Ainda mais para minhas noivinhas tirarem as dúvidas que as deixam sem saber o que fazer e por onde começar.

Dentre tantas perguntas que chegaram, resolvi escolher uma bem inusitada da noiva Daniela. Por ser veterinária, ela me indagou se poderia levar seu casal de Golden Retrievers à cerimônia… Fiquei surpresa pela questão, mas logo respondi que jamais o padre deixaria… rsrsrsrs

Mas, vamos a resposta:

Qualquer animal não seria um convidado bem quisto numa igreja, por exemplo, um local fechado, um recinto onde deve ser respeitado o silêncio e a ordem. Um animal não tem como respeitar essas regras, por mais que ele seja tratado como membro da família pelos noivos.

Para os bem tradicionais, os animaizinhos jamais serão convidados, casamento não é local para animais, nem mesmo os de estimação, porém os mais “antenados” com os novos tempos já admitem de forma bem natural, levando-os com trajes adequados ao acontecimento. Nos Estados Unidos, por exemplo, essa prática, já é bem aceita e com bastante naturalidade. Esses animais participam da cerimônia como qualquer outro membro da família.

Num local aberto, como um sítio, fazenda ou qualquer outro espaço que o valha, é viável esse comparecimento, mas para sermos mais coerentes com as normas e regras de um cerimonial, você deve avaliar a questão de acordo com o perfil de seus convidados e do animal. Além disso, se a presença dos animais de estimação for inevitável, é preciso escolher um local restrito onde eles não incomodem os convidados . Temos que respeitar o local e as pessoas que não fizeram a escolha de tê-los por perto delas nessa hora.

Espero ter ajudado a todas que porventura tenham também essa dúvida.

Aguardo mais perguntas de vocês sobre o assunto de seu interesse.

Beijos,
Lourdes Correia

Compartilhe:

Deixe seu comentário

Deixe o seu Comentário

Seu email nunca será publicado Campos marcado com * devem ser preenchidos

*
*